Inserir novas rotinas de atividades diárias pode ser algo desafiador aos pais de qualquer criança. No caso das crianças dentro do espectro, em que a ideia de rotina muitas vezes precisa ser trabalhada com mais atenção, essa dificuldade pode ser ainda maior.

Por isso, seguem sete dicas de como tornar mais fácil e confortável a escovação de dente para a sua criança.

1- Use uma escova de dentes que seja do tamanho certo para a boca de sua criança.
Isso vale para todas as crianças, afinal a eficiência da escovação vai ser influenciada também pelo tamanho das escovas dentais. No caso de crianças autistas essa escolha é muito mais relevante. Afinal, queremos que a criança se sinta o mais confortável possível ao fazer a higiene bucal. Isso facilitará que a atividade seja incorporada na rotina da criança.

2- Use um timer para mostrar à criança quanto tempo será suficiente para parar a escovação.
Ter uma noção de quanto tempo durará essa atividade facilitará a inserção da escovação de dentes na rotina diária.

3- Crie um material bem visual para mostrar cada passo da escovação dos dentes. Você pode pontuar com algum tipo de sinal também visual a cada passo bem feito da escovação.
Com o passo a passo a criança entenderá melhor todos os processos de escovação. Além disso, o método divide uma grande tarefa em várias “pequenas tarefas”, o que ajuda no engajamento da criança na atividade.

4- Mostre à criança como você escova os próprios dentes.
Tendo você como exemplo, ela terá uma melhor noção de como realizar a escovação da maneira correta.

5- Pratique aos poucos, cada passo. Comece encostando a escova de dentes nos lábios da criança ou suavemente nos dentes. A partir disso, comece a escovação aos poucos.
Lembre-se que a resistência à escovação geralmente passa por uma hipersensibilidade. O toque da escova, a leve ardência da pasta de dente, a sensação da espuma na boca… tudo isso pode criar sensações estranhas e desconfortáveis para as crianças autistas. Fazer com que esses estímulos sejam criados aos poucos facilitará a realização da tarefa.

6- Ajude a criança a escolher o sabor da pasta de dente que ela gosta.
Além de fazer a criança se sentir pertencente ao “ritual” da escovação dos dentes, isso também pode ajudar com a questão da sensibilidade dita anteriormente. As pastas de dentes voltadas para adultos podem ser muito fortes para crianças, especialmente aquelas dentro do espectro. Em compensação, encontrar um sabor que a criança acha agradável com certeza tornará a atividade mais confortável.

7- A escovação dos dentes não precisa ser feita no banheiro.
Se a criança se sente melhor escovando os dentes no sofá da sala, então por que não abrir essa possibilidade a ela? Neste primeiro momento, o objetivo é inserir na rotina diária a tarefa de escovar os dentes de forma correta.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se à vontade para comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *